a
I Love My Pussy
O que é o I Love My Pussy

O I Love My Pussy é uma revolução matriarcal, uma visão tântrica sobre o empoderamento, que vem de um respeito profundo pelo corpo. 

Vivência idealizada por Carol Teixeira depois de uma longa trajetória de estudo da sexualidade, do feminino e da potência do corpo como ferramenta para transcendência. 

É um trabalho profundo de cura, liberação de traumas e crenças limitantes para que cada uma consiga expandir e ressignificar sua relação com o corpo, com sua autoestima e descobrir o acesso ao próprio poder, que sempre nos foi negado pelo patriarcado.

PORQUE VOCÊ PRECISA DO I LOVE MY PUSSY?

As mulheres foram criadas para serem corpos para o outro, para servir, crescem sendo ensinadas que para serem amadas não podem ‘desagradar’.

 O I Love My Pussy visa justamente reverter isso. A sua relação com o corpo te foi negada ao longo da história. Desde o ‘tira a mão daí menina’ que você cresceu ouvindo até a dificuldade de pronunciar o nome, a dificuldade de tocar, a ignorância em relação à anatomia do seu próprio órgão sexual, em relação as infinitas possibilidades de prazer, a falta de respeito que é esse sexo básico falocêntrico que é tido como normal. É preciso uma reforma sexual. É preciso trazer de volta o afeto, a sutileza, a intuição.  Uma relação boa com o seu corpo e com seus orgasmos leva a uma vida criativa, poderosa, de autoconfiança. O orgasmo cura. A fluidez da sua energia sexual/vital/criativa cura.  Mas para que essa transcendência aconteça, você precisa estar em conexão com seu centro de poder feminino que, quando aceito, reverenciado e empoderado reverbera com consequências infinitas. E faz com que você, dali em diante, não aceite menos do que merece.  Essa reconexão libera a voz feminina. Mas antes você precisa se libertar das crenças limitantes, de emoções e travas que impedem nossa expansão. Milhares de mulheres já transformaram suas vidas ao se dedicarem por esse um único dia a mergulhar para dentro de si e encarar as suas próprias questões em relação ao corpo, sexualidade, autoestima, empoderamento e tudo que é atrapalhado por tais questões.

Veja se ainda existem vagas disponíveis para a próxima vivência

COMO ACONTECE O I LOVE MY PUSSY?

No I Love My Pussy temos um primeiro momento de catarse para ‘limpar’ o corpo de registros patriarcais – levar as mulheres a verem suas sombras e conseguir transmutá-las. Depois vem as vivências que as fazem sentir o poder da sutileza, mostrar como elas merecem amor e afeto, e resgatar nelas essa sensibilidade perdida.

 Então, quando começam a perceber seus corpos como sagrados, Carol traz a questão da sexualidade, o uso da energia sexual/vital/criativa (kundalini) para empoderar todas as áreas da vida das shaktis. O ápice disso tudo é sempre a percepção do corpo delas como sagrado, a mulher como uma shakti, receptáculo da energia divina feminina. Isso muda a vida delas em todas as áreas. Significa ir contra toda uma história de repressão e violência com o corpo feminino. 

Partindo desse ponto, o I Love My Pussy, te faz chegar até esse seu centro de amor a partir da abertura do seu Heartchakra – o chakra do coração.  Essa abertura se dá por meio de processos catárticos, da compreensão da vulnerabilidade e sutileza como uma força para limpar o corpo de couraças e crenças limitantes, o deixando livre para a condução da sua energia sexual e vital. É totalmente vivencial. Porque a mulher precisa reaprender a sentir, a escutar o corpo – ela foi privada disso e guarda no corpo também os traumas dessa privação que toda sua linhagem feminina também sofreu. 

As shaktis aprendem ali que o corpo delas é sagrado e mudam suas vidas a partir daquilo. Ali elas aprendem a potencializar a energia sexual/vital/criativa delas, aprendem a amar o próprio corpo, sentem na pele a sororidade (que o grito de uma é o grito de outra, que a cura de uma é a cura de outra). 

Aprendem a usar essa energia para todas as áreas da vida, inclusive para um prazer que elas nunca tiveram igual. Mas a principal mensagem que Carol crava no corpo e alma delas é a de que elas MERECEM prazer, MERECEM sutileza, afeto. 

Melhor resposta para uma sociedade que lucra com nossa falta de amor próprio, nos fazendo achar que não merecemos. 

Há vários relatos de primeiros orgasmos no próprio curso. Outras meninas acessam a ancestralidade de uma forma bem catártica, outras relembram traumas de infância que nunca tinha acessado, acontecem curas profundas de marcas de abuso e um grande acréscimo de poder pessoal. 

Toda edição tem uma história bem forte sempre. Um dia inteiro em um ambiente feminino, seguro e acolhedor. Você será conduzida, etapa por etapa, na transição da mente para o corpo e reconhecimento do seu poder, para aprender a acessá-lo.  

Está incluso:

  Café da manhã delicioso no qual as shaktis se conhecem e já começam a sentir a energia da imersão que está por vir 

  Almoço vegetariano, sem glúten e sem lactose

  Material para o curso

  Bullet (vibrador) para aplicar em casa as técnicas aprendidas

A IDEALIZADORA

Carol Teixeira é uma das principais vozes do Tantra na atualidade, idealizadora do Heartchakra Tantra. É a criadora do curso ‘I love my pussy’, no qual trabalha o empoderamento através do orgasmo, do resgate do poder vital, da autoconfiança e da ressignificação da mulher com seu corpo. É escritora e filósofa, atuando na área da sexualidade há mais de 13 anos. 

Se tornou mestra tântrica, dedicada integralmente a resgatar centenas de homens e mulheres de suas repressōes emocionais decorrentes das distorçōes da sociedade patriarcal. 

Autora de três livros, entre eles o romance Bitch (editora Record), foi colunista de sexo e comportamento da Revista Vip por 8 anos. Conduz cursos e retiros tântricos que já mudaram a vida de milhares de homens e mulheres através de seu método.

UM DIA QUE VOCÊ VAI LEMBRAR PARA SEMPRE...
O QUE VAI MUDAR NA SUA VIDA APÓS O I LOVE MY PUSSY

Ao destruir as couraças e crenças limitantes que te impedem de atingir sua máxima potência na sexualidade e em outras áreas da sua vida você irá: 

Ampliar sua capacidade de dizer “NÃO”; 

Aceitar a sua vulnerabilidade, abrindo espaço para o amor e a auto aceitação e compreendendo-a como força; 

Reconhecer seu centro de poder feminino e ressignificar a relação com seu corpo, sua sexualidade e autoestima 

Aprender técnicas para despertar a Kundalini; 

Reconhecer a força do seu centro de poder feminino e aprender técnicas para potencializá-lo; 

Aprender técnicas de auto estimulação que vão mudar seus orgasmos para sempre; 

Trabalhar a sororidade, dissolvendo resquícios da noção patriarcal de competição feminina. 

Você vai redescobrir a sua potência como mulher 

"

Encontrei abrigo em mim. Saí de lá energizada, me sentindo empoderada como mulher, os olhos brilhando. Nunca havia sentido tanta sororidade entre mulheres.

"

Há algum tempo seguia a Carol no Tântrika do Canal Hysteria. As imagens da Carol e as falas dela sobre a sexualidade feminina e o matriarcado me tocaram a alma.
Em maio/19, fui ao RJ para o I love my pussy. Foi impactante.Nunca havia vivenciado algo igual. As palavras faltam para definir.
Me conectei com a mulher selvagem em mim, senti o sagrado do meu corpo feminino.
Encontrei abrigo em mim. Saí de lá energizada, me sentindo empoderada como mulher, os olhos brilhando. Nunca havia sentido tanta sororidade entre mulheres.
Já tinha entrado em contato com o tantra pelo trabalho de outros profissionais, mas o feminino sagrado que a Carol evoca e a abertura do coração para o amor que ela inspira é diferente de tudo o que eu já tinha visto.

Andréa
52 anos
"

Saber a potência do meu corpo me trouxe um respeito maior comigo e muito também pelo corpo do outro.

"

Em 2019 senti o chamado para o tantra, e entre algumas tentativas consegui numas das idas a São Paulo conhecer a Carol no I Love My Pussy (ILMP) em agosto, lá eu despertei para o Tantra, senti que deveria segui-la e me entregar para me tornar um veículo do amor.
Foi lindo, sou mãe de dois filhos pequenos, casada a quase 15 anos. Trouxe para minha família um algo a mais, uma coragem de viver na pureza.
De viver buscando nas coisas e família o que tem de mais puro.
Saber a potência do meu corpo me trouxe um respeito maior comigo e muito também pelo corpo do outro. O sagrado de cada corpo. Hoje eu entendo isso.
A Carol nos desperta isso, a pureza, respeito a nós mesmas é essa intuição adormecida às vezes passa a ser uma grande potência e foi só o começo.

Alessandra Guerra
38 anos

Clique no botão abaixo para saber a próxima data do I Love My Pussy

1. O que é tantra?

O tantra é uma filosofia sensorial matriarcal e desrepressora que vê o corpo como instrumento para transcendência.
Diferente de algumas linhas espirituais que consideram o corpo um obstáculo para iluminação ou conexão com algo superior, o tantra considera o corpo o principal veículo para essa conexão.
O tantra é uma das melhores ferramentas para o autoconhecimento que existe, é o antídoto para os problemas de nossa sociedade patriarcal. É o meio mais eficiente para mostrar a uma mulher o poder que ela tem no corpo.
O tantra vê a mulher como um ser mágico por ser conectado com os ritmos cósmicos do sol, da lua da terra e por isso é uma grande reverência ao feminino. Como a ferida matriz está no corpo (por termos sido alienadas do nosso próprio corpo e termos cravadas em nós as travas patriarcais) é nele que temos resolver. E o tantra resolve ali, não através da fala, mas do sentir.
Toda a experiência é conduzida de forma leve e amorosa com base no Heartchakra Tantra, método criado pela Carol.
O Heartchakra Tantra é a união entre o tantra de raiz (Vamachara, tantra de esquerda, e Dakshinachara, tantra de direita) que tem origem no Hinduísmo e viés espiritual, o neo-tantra que é focado na sexualidade e ascensão da Kundalini e também toda a ampla experiência e pesquisa de Carol Teixeira como filósofa dedicada ao estudo da sexualidade.
Lida com mulher de forma integral: ela é um corpo físico, mas também energético e espiritual. Bem diferente de outras abordagens tântricas ocidentalizadas que lidam com a mulher como se ela fosse só um genital e o problema fosse resolvido só ali.
Para Carol, as feridas só são curadas quando se aborda o emocional, energético, espiritual e sexual. Além disso, o Heartchakra tem uma característica muito importante que transforma esse método em um verdadeiro movimento social: a luta de Carol contra o patriarcado, que oprime e aliena mulheres do próprio corpo há séculos.

2. Se a vivência traz à tona, questões tão íntimas, por que fazer isso em grupo?

Nada substitui a força de um grupo. O poder da egrégora (um grupo unido com o mesmo objetivo) gera um poder espiritual incomparável. A catarse de uma impulsiona a da outra, o afeto de uma cura a outra. E as mulheres, sentindo a força da união com as outras, ressignificam completamente tudo que lhes foi ensinado sobre competição feminina e qualquer outra visão patriarcal. Sororidade deixa de ser um conceito e vira uma sensação, uma certeza marcada no corpo. Fica claro o quanto somos mais fortes juntas.

3. Pra quem é esse evento?

▪ Pra você que não sabe nada sobre tantra
▪ Para você que já teve experiências com outras linhas de tantra mas quer conhecer o método da Carol
▪ Pra você que tem problemas na relação com o seu corpo e aparência
▪ Pra você que se sente travada em relação a sua sexualidade
▪ Pra você que tem baixa autoestima
▪ Pra você que já sofreu algum abuso
▪ Pra você que está com baixa libido sem nenhuma justificativa pra isso
▪ Pra você que não sente prazer nas relações sexuais
▪ Pra você que está num relacionamento abusivo sem conseguir sair
▪ Pra você que conhece o meu trabalho pelas redes sociais e quer viver o Heartchakra Tantra na prática
▪ Pra você que busca conexão com o Divino sem ignorar o corpo
▪ Pra você que quer ter uma vida mais alinhada com a sua essência
▪ Pra você que tem medo de dizer não
▪ Para você que quer afastar obstáculos internos para descobrir seu propósito

3. Onde será realizado o evento?

São Paulo: Espaço EYWA - Espaço Cultural & Proteção SocioAmbiental Rua Scipião, 332 – Lapa – CEP: 05047-060
Rio de Janeiro: Rampa - Lugar de Criação Rua Sá Ferreira 202 – Copacabana – CEP: 22071-100

4. Qual o horário do evento?

São Paulo: 08 às 18h | Rio de Janeiro: 09 às 19h
*Horário Padrão de Brasília*

5. Existe a possibilidade de ter o I Love My Pussy em outro estado?

Não. Esse evento é realizado apenas em São Paulo e Rio de Janeiro. As regiões próximas ao local do evento oferecem opções de bons hotéis para hospedar as shaktis de outros estados.

6. Como funciona a política de cancelamento e troca?

Para sua maior conveniência, toda e qualquer inscrição realizada poderá ser cancelada diretamente através do email da produção (producao.carolteixeira@gmail.com) no prazo máximo de 7 dias úteis, sob cobrança de 30% do valor total da compra. Caso opte pela transferência de data, entre em contato através do mesmo endereço de email e dentro do mesmo prazo. A troca poderá ser efetuada uma única vez sem nenhuma cobrança.

7. É possível parcelar o valor do ingresso?

Sim. O valor do ingresso pode ser parcelado em até 12 vezes. 6. Posso fazer a vivência menstruada? Sim. Estar menstruada não vai te atrapalhar em nada, muito pelo contrário, te ajudará a se conectar e enxergar o sagrado dessa fase do seu ciclo.

8. Vou precisar ficar nua?

O Heartchakra Tantra não é focado na nudez. Essa é uma confusão frequente que as pessoas fazem. No trabalho da Carol, a nudez nunca é banalizada. Todo momento de se despir (e são poucos) tem um sentido, que sempre vai trazer - de formas diferentes - conotações completamente diversas de todas que foram atribuídas à nudez ao longo de sua vida. De qualquer maneira, nada é obrigatório, você vai tirar a sua roupa se quiser e o quanto quiser.

9. Preciso usar algum traje especial para fazer a vivência?

Recomendamos usar roupas com tecido leve e confortável. Além disso, vestidos e saias longas podem te ajudar a realizar as atividades propostas com mais facilidade, mas não tem regra, você pode se vestir da maneira como se sentir melhor.

Ainda tem alguma dúvida? Entre em contato em produção.carolteixeira@gmail.com

PRÓXIMAS DATAS DESSE CURSO
Deixa teu email para receber novidades


SIGA O INSTAGRAM d @CAROLTEIXEIRA_
PARA ENTRAR EM CONTATO : PRODUCAO.CAROLTEIXEIRA@GMAIL.COM